Governo da RAEM agradece ao Governo Central pelo apoio à retoma de vistos electrónicos de visita a Macau do Interior da China

Notícias em Macau | Publicado em: 2022/10/31 | Fonte: Gabinete de Comunicação Social (GCS)

De modo a facilitar ainda mais os residentes do Interior da China no requerimento de vistos electrónicos de visita a Macau, a Administração Nacional de Imigração da República Popular da China anunciou o lançamento, a partir de 1 de Novembro, de equipamentos inteligentes, nos balcões de migração dos órgãos de segurança pública em todo o país, para o tratamento de vistos electrónicos. O Chefe do Executivo, em nome do Governo da RAEM, endereçou os profundos agradecimentos ao forte apoio do Governo Central e dos respectivos ministérios.

Ho Iat Seng afirmou que, as medidas benéficas a Macau permitem facilitar ainda mais no requerimento de vistos electrónicos de visita a Macau e, contribuir para o desenvolvimento do sector de turismo e para a retoma da economia de Macau. Referiu que, tendo em conta o impacto significativo que a situação pandémica trouxe para a economia local, o Governo da RAEM encontra-se a promover, de forma empenhada, os trabalhos de recuperação, tendo lançado uma série de políticas e medidas entre as quais está o impulsionamento do aumento do fluxo de visitantes a Macau. A retoma de vistos electrónicos de visita a Macau do Interior da China e de grupos de excursão turística de “quatro províncias e uma cidade” constituem, precisamente, uma importante força motriz de recuperação económica local.

Em Setembro do corrente ano, o Governo Central realizou uma reunião temática, que teve como objectivo estudar o apoio destinado a acelerar a recuperação do turismo de Macau e o desenvolvimento de infra-estruturas, o que permite responder, activamente, às expectativas dos residentes de Macau. O mesmo responsável disse que o Governo Central atribui alta importância a Macau e, sob a forte coordenação do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho do Estado e do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, o Governo da RAEM e os ministérios competentes do Governo Central encontram-se a negociar os pormenores dos respectivos trabalhos a fim de, avaliarem a evolução da situação epidémica e a definição de diversos planos de contingência. Na ocasião, o Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho do Estado, o Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, o Ministério da Segurança Pública e a Administração Nacional de Imigração da República Popular da China apresentaram as suas valiosas orientações e prestaram o seu apoio, pelas quais, o Chefe do Executivo apresentou os mais sinceros agradecimentos.