Governo da RAEM agradece aprovação e confirmação do Governo Central ao aterro e ampliação do Aeroporto Internacional de Macau

Notícias em Macau | Publicado em: 2022/10/29 | Fonte: Gabinete de Comunicação Social (GCS)

O Conselho do Estado deu, recentemente, a aprovação oficial ao pedido do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) referente ao aterro e ampliação do Aeroporto Internacional de Macau. O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, em nome do Governo da RAEM, manifestou os mais sinceros agradecimentos ao Governo Central pelo enorme apoio a Macau.

O Governo da RAEM tem mantido, desde 2017, uma comunicação estreita com os serviços competentes do Interior da China, efectuando, de acordo com as exigências, estudos temáticos em várias áreas, especialmente em recursos hídricos e avaliação ambiental. Em Agosto de 2021, o Governo da RAEM apresentou ao Governo Central o pedido de uso das áreas marítimas, no âmbito da ampliação do Aeroporto Internacional de Macau, e um relatório completo sobre a matéria. Esta aprovação, recebida nos últimos dias, representa um incentivo, atenção e apoio do Governo Central ao progresso de Macau. Neste sentido, o Governo da RAEM, deseja que a recuperação e o crescimento do sector aeronáutico local possam ser articulados com o aperfeiçoamento das infra-estruturas do Aeroporto e a abertura do mercado do transporte aéreo de Macau, contribuindo para a concretização de um desenvolvimento sustentável do sector local.

O Chefe do Executivo indicou ainda que, desde o estabelecimento da RAEM, o Governo Central tem definido políticas preferenciais, com o objectivo de promover o desenvolvimento económico e social de Macau. Relembrou que, em Setembro do corrente ano, depois do Governo da RAEM ter apresentado um balanço da situação económica local e do trabalho realizado, o Governo Central decidiu apoiar a recuperação do turismo e a construção de infra-estruturas de forma mais acelerada, respondendo assim com eficácia às preocupações dos residentes.

O aterro e a ampliação do Aeroporto Internacional de Macau irão não só alargar o espaço de desenvolvimento da RAEM como também serão favoráveis à integração de Macau no desenvolvimento nacional e participação na construção da estratégia “Uma Faixa, Uma Rota”, contribuindo para a recuperação económica local e a enunciação de uma base sólida para se concretizar a diversificação económica de Macau.

Durante o pedido do aterro e ampliação do Aeroporto Internacional de Macau, o Governo da RAEM obteve valiosas orientações e um forte apoio do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho de Estado, e do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, e de outros serviços nacionais competentes, tendo por isso, o Chefe do Executivo, também manifestado o seu sincero agradecimento.