Inaugurar-se-á a 14.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa a 18 de Novembro

Notícias em Macau | Publicado em: 2022/11/14 | Fonte: Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comerical entre a China e os Países de Língua Portuguesa

Será inaugurada a 18 de Novembro a 14.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, evento cultural anuanlmente organizado pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) na Doca dos Pescadores de Macau. A Semana Cultural da presente edição continua a decorrer em formato híbrido online e offline, objectivando apresentar as culutras tradicionais dos Países Participantes do Fórum de Macau, designadamente, China (representada pela Província de Zhejiang), Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

As actividades online estrear-se-ão a partir de 18 de Novembro, com foco no tema principal “Festas e Festividades tradicionais”, apresentando as culturas tradicionais da China e dos Países de Língua Portuguesa, incluindo a ópera tradicional chinesa de conto folclórico intitulado “Lenda dos Amantes Borboletas” e a acrobacia de guarda-chuvas; a festa da puberdade do sul de Angola e o famoso baile das máscaras; a apresentação das festas e festividades folclóricas do Brasil; os espectáculos do Festival da Baía das Gatas da ilha de S. Vicente de Cabo Verde; o maravilhoso carnaval guineense com os seus carros alegóricos; a actuação com o instrumento Mbira e a apresentação do batique de Moçambique; o espectáculo de Tunas de Portugal, as festividades folclóricas em comemoração dos Santos de São Tomé e Príncipe; bem como a demonstração das técnicas de produção artesanal de sal de Timor-Leste. As produções audiovisuais concernentes encontrar-se-ão disponíveis no site da Semana Cultural: https://semanacultural.forumchinaplp.org.mo.

Por sua vez, as actividades offline decorrerão na Doca dos Pescadores de Macau, de 18 a 20 de Novembro, contando com diversas actuações e demonstrações culturais. Os artesãos chineses apresentarão in-loco as técnicas de artesanato de rotim de palma, pintura com açúcar e escultura de massa, entre outras. As associações sociais dos Países de Língua Portuguesa em Macau irão realizar espectáculos de música e dança de grupos artísticos, os chefs dos países lusófonos irão demonstrar as repectivas culinárias. No local de actividade, serão ainda instaladas tendas que acolherão feiras, workshops e jogos tradicionais. Pela primeira vez, a presente edição de Semana Cultural materializa a cooperação com o evento “Vamos Desfrutar” para organizar em conjunto o Mercado com Destaque para os Produtos do Mundo Lusófono e Macau.

Além disso, na presente edição da Semana Cultural, realizar-se-á, de 18 de Novembro a 11 de Dezembro, no salão de Lisboa da Doca dos Pescadores de Macau, o 2.º ciclo da exposição colectiva “Policromias Lusófonas”, a fim de exibir obras artísticas de pintura, escultura e fotografia dos artistas provenientes dos países participantes, incluindo Don Sebas Cassule de Angola, Luciano Dremher do Brasil, Leomar de Cabo Verde, Lemos Djata da Guiné-Bissau, Walter Zandamela de Moçambique, Maria Leal da Costa de Portugal, Olavo Amado de São Tomé e Príncipe, Jafet Potenzo Lopes de Timor leste e Lio Man Cheong de Macau.

Mediante a realização da Semana Cultural, o Fórum de Macau pretende consolidar a plataforma de encontro cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa, permitindo ao público explorar as peculiaridades das diversas nações de diferentes continentes, de modo a fortalecer a amizade e o entendimento mútuos entre as populações e aprofundar o intercâmbio e cooperação culturais entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

A presente edição da Semana Cultural é organizada pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), em coordenação com o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau e a Direcção dos Serviços de Turismo da RAEM, contando com o apoio das seguintes instituições: Associação dos Guineenses, Naturais e Amigos da Guiné-Bissau; Associação dos Amigos de Moçambique; Associação dos Macaenses; Associação dos São-tomenses e Amigos de São Tomé e Príncipe Macau-China; Associação de Amizade Macau-Timor; bem como Doca dos Pescadores de Macau, entre outras. Os parceiros de imprensa são: Teledifusão de Macau S.A. e TV Cabo Macau, S.A.