Primeiro projecto de Macau aprovado pelo Programa-Chave Nacional de I&D

Notícias em Macau | Publicado em: 2022/12/01 | Fonte: Fundo para o Desenvolvimento das Ciências e da Tecnologia / Universidade de Macau

O Ministério da Ciência e Tecnologia da China publicou recentemente a lista dos projectos financiados no âmbito da “Investigação de células estaminais e reparação de orgãos” do Programa-Chave Nacional de I&D, e está incluído nela o projecto recomendado pelo Fundo para o Desenvolvimento das Ciência e da Tecnologia (FDCT), com o Vice-Director Xu Ren-He da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Macau (UM) como o primeiro cientista. Este é o primeiro projecto de Macau aprovado pelo Programa-Chave Nacional de I&D, alcançando um avanço histórico e recebendo o apoio financeiro nacional de 30 milhões de yuans.

Projecto apoia e promove a padronização de medicamentos com células estaminais

Neste ano, a UM é a única instituição de ensino superior nas regiões de Macau e Hong Kong com o projecto deste tema específico aprovado. O projecto aprovado é “Investigação sobre o sistema tecnológico de supervisão e avaliação para células estaminais mesenquimais no tratamento de doenças graves como a doença do enxerto contra o hospedeiro”, tendo por objectivo investigar a utilização de células estaminais mesenquimais no tratamento das doenças como a doença aguda de enxerto versus hospedeiro (aGVHD) e a osteoartrite do joelho (KOA). A conclusão do projecto formará um sistema de supervisão e avaliação favorável ao desenvolvimento saudável e de longo prazo da indústria de células estaminais do País e melhorará o nível de tecnologia clínica e a competitividade internacional do País na área da terapia com células estaminais.

A aprovação deste projecto mostrou um avanço histórico na candidatura de Macau aoPrograma-Chave Nacional de I&D, quebrando o registo de apoio financeiro para um projecto de investigação científica de Macau, marcando um novo nível de investigação científica de Macau, e também representando que o investimento do Governo da RAEM em investigação científica ao longo dos anos tem recebido resultados de forma gradual.

O Reitor Song Yonghua da UM felicitou o sucesso de candidatura do projecto e espera que a UM possa continuar a envidar esforços persistentes e desempenhar um papel mais importante na estratégia nacional de desenvolvimento científico e tecnológico. O Xu Ren-He expressou que a obtenção do apoio financeiro do Programa-Chave Nacional de I&D é um grande incentivo para ele e seus colaboradores, e espera promover a padronização e a normalização de medicamentos com células estaminais no País através deste projecto, bem como reforçar a cooperação científica e tecnológica e a industrialização entre Macau e o Interior da China. Os altos edifícios começam do chão. O Xu Ren-He achou que o projecto foi aprovado como um projecto de nível nacional desta vez, graças ao grande apoio de longo prazo do FDCT e da UM para seus vários projectos, acumulando e estabelecendo assim uma base de investigação para o projecto. O Xu Ren-He tem-se dedicado ao longo dos anos à investigação de células estaminais e aplicação terapêutica. Desde que ele ingressou na UM em 2014, ele foi aprovado várias vezes com apoio financeiro da Fundação Nacional da Ciência Natural da China, do FDCT e da UM.

Nível de investigação científica de Macau foi reconhecido pelo País

Ao longo dos anos, o FDCT tendo vindo a incentivar e auxiliar equipas locais de investigação científica a se candidatarem ao Programa-Chave Nacional de I&D e convidar especialistas em áreas afins para analisar de forma multifacetada as ideias inovadoras, rotas tecnológicas e fundamentos de investigação de projectos, seleccionar projectos de alta qualidade para fazer recomendações ao Ministério da Ciência e Tecnologia da China, bem como transmitir opiniões relevantes para equipas candidatas. No futuro, o FDCT continuará a promover os investigadores científicos locais para se candidatarem activamente aos planos nacionais de ciência e tenologia, e estudar a concessão de apoio financeiro para projectos aprovados, esperando, através disso, aumentar ainda mais o nível de investigação científica de Macau, promover a inovação científica e tecnológica para apoiar o desenvolvimento de diversificação adequada de economia de Macau e a integração na conjuntura geral do desenvolvimento nacional.

O Programa-Chave Nacional de I&D é destinado para principais investigações de interesse público, grandes questões científicas, importantes tecnologias e produtos-chave comuns e principais cooperações científicas e tecnológicas internacionais. Em 2018, o Ministério da Ciência e Tecnologia da China liderou e lançou uma série de medidas para incentivar as instituições de Hong Kong e Macau a participar nos programas científicos e tecnológicos com finanças do Governo Central, e no mesmo ano, foram determinadas as instituições qualificadas para se candidatar a programas especiais chave, as quais são a UM, a Universidade Politécnica de Macau, a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau e a Universidade da Cidade de Macau. O FDCT éa entidade de recomendação para isso e é responsável pelos trabalhos relacionados.